Conheça 3 hábitos que prejudicam a memória e saiba como evitá-los

10/05/2021

O estilo de vida que você leva é o que determina sua saúde física e mental. É o que diz a ciência. E a capacidade de memorização e concentração, que dependem de atenção e raciocínio, não fogem à regra.

Uma rotina estressante pode fazer mal ao cérebro, afetando nossa memória e foco. Dormir pouco aumenta o cansaço e, consequentemente, diminui o nível de concentração. Além disso, o excesso de substância tóxicas no organismo prejudica a eficiência do cérebro.

Em tempos difíceis, como são os de agora, manter a saúde mental em dia é essencial. Confira, abaixo, os três principais fatores e hábitos que prejudicam a memória e a concentração.

1. Estresse

Dois dos principais males dos dias atuais, o estresse e a ansiedade podem afetar gravemente a memória e a concentração. Quando o cérebro se sobrecarrega de informações, a dificuldade de se concentrar e de guardar novas informações aumenta. Por isso, é essencial usar bem os dias de folga para descansar corpo e mente.

Outra dica para controlar os níveis de estresse é saber dividir tarefas. Nem tudo deve ficar nas suas costas. A divisão de responsabilidades ajuda a evitar dores de cabeça desnecessárias.

Hábitos que prejudicam a memória
O estresse é um dos principais fatores prejudiciais à memória e concentração

2. Qualidade do sono

Saiba que dormir menos para produzir mais – seja no trabalho ou nos estudos – é uma péssima ideia. A quantidade de horas dormidas influencia diretamente no seu rendimento intelectual.

É durante o sono que o cérebro guarda o conhecimento e as novas informações absorvidas. Ou seja, se você dorme pouco e mal, é provável que venha a ter problemas de memória e concentração, além de apresentar irritabilidade e menos produtividade em suas atividades.

Portanto, trate de reservar ao menos sete ou oito horas do seu dia para dormir. Estudos mostram que essa é a quantidade de tempo ideal para o seu cérebro armazenar novas informações e estar preparado para adquirir outras no dia seguinte. Além disso, você também conseguirá atingir níveis maiores de concentração com uma noite bem dormida.

3. Bebidas alcoólicas e má alimentação

O consumo abusivo de álcool também pode prejudicar a memória, devido ao aumento de toxinas no corpo e no cérebro. Já a ingestão de alimentos gordurosos e açúcar causam a inflamação do hipocampo, área do cérebro associada à memória verbal e espacial.

Por isso, é importante moderar nas bebidas e nas “besteiras” que comemos. Tomar sucos desintoxicantes com folhas verde escuro e ingerir frutas e verduras, como a couve-flor, são boas maneiras de purificar o corpo destas toxinas.

Carrinho de compras
Iniciar atendimento
Dúvidas?
Olá 👋
Podemos te ajudar?