Biotina: saiba como essa vitamina protege o sistema nervoso e a memória

24/05/2021

A biotina, também conhecida por vitamina B7 ou H, integra o grupo das vitaminas do complexo B. Ela realiza diversas funções essenciais para o bom funcionamento do corpo, mas se tornou mais popular por manter a saúde da pele, unhas e cabelos.

No entanto, a biotina é muito mais do que uma vitamina que contribui esteticamente. Responsável por garantir a síntese de energia nas células e manter a produção de proteínas, ela desempenha um papel importante na saúde mental.

Importância da biotina para a memória

A suplementação com biotina auxilia no funcionamento adequado do sistema nervoso central, ajudando na manutenção das funções vitais do cérebro. Como consequência, essa vitamina fortalece a memória e a cognição.

A biotina é um dos elementos encontrados na fórmula do MemóriAtiva, suplemento desenvolvido pela Lifestyle Natural para memória e concentração. Ela vem acompanhada de outros três poderosos nutrientes: selênio, colina e inositol.

Combinadas, essas quatro substâncias formam uma eficiente solução para corrigir problemas como esquecimentos, falta de foco e dificuldade de aprender. Como resultado, sua saúde mental e seu desempenho intelectual apresentarão uma melhora significativa.

Outros benefícios

Como foi dito acima, a biotina é uma vitamina essencial para o bom funcionamento do corpo, pois está relacionada com a formação de aminoácidos, ácidos nucleicos, glicogênio e células do sangue. Portanto, a vitamina B7 também oferece benefícios como:

  • Fortalecimento de unhas e cabelos, uma vez que garante a formação de proteínas fundamentais para a saúde de unhas e cabelos;
  • Melhora da saúde da pele, já que favorece a hidratação e a formação de colágeno e queratina pelo organismo, garantindo elasticidade e resistência para a pele;
  • Energia para as células, ajudando a regular os níveis de glicose no sangue e, dessa forma, ajudando a prevenir e controlar o diabetes;
  • Manutenção da produção adequada de proteínas, auxiliando na produção de aminoácidos, que são unidades formadores de proteínas.
Alimentos que contêm biotina
Alimentos como amêndoas, cogumelos, avelãs e castanhas são ricos em biotina.

Sintomas da deficiência de biotina

A ausência da vitamina B7 pode provocar uma série de prejuízos para o organismo. Os principais efeitos da deficiência de biotina são a ataxia (problemas na coordenação motora), a acidose cetolática (falta de oxigênio nas células) e a hipotonia (diminuição do tônus e força muscular).

Esses problemas resultam em sintomas como:

  • Unhas fracas;
  • Queda de cabelo;
  • Fadiga;
  • Conjuntivite;
  • Dermatites;
  • Dores musculares;
  • Erupções cutâneas ao redor dos olhos, boca e nariz;
  • Baixa imunidade;
  • Convulsões;
  • Infecção da pele;
  • Má formação fetal.

Quais são as fontes de biotina?

Alimentos como amendoim, amêndoas, castanha, ovo cozido, farinha de trigo, cogumelos, cereais integrais e avelãs são fontes de biotina. Além disso, a substância também é produzida pela flora intestinal.

Para isso acontecer, contudo, é preciso consumir alimentos ricos em fibra e beber ao menos 1,5 litro de água por dia. Dessa forma, o intestino seguirá em bom funcionamento e poderá produzir biotina.

A B7 também pode ser encontrada em forma de suplemento (em cápsulas). Isso ocorre quando não se consegue ingeri-la em quantidades adequadas através da alimentação. Ou quando se verifica a presença de sintomas de falta de biotina, como unhas fracas, queda de cabelo, cansaço excessivo e perda de apetite.

Carrinho de compras
Iniciar atendimento
Dúvidas?
Olá 👋
Podemos te ajudar?