Benefícios da leitura: criar hábito estimula o cérebro e fortalece a saúde mental

22/11/2021

Imagine algo que faça você se entreter, relaxar, obter conhecimento e ainda estimular o cérebro. E o melhor: tudo isso ao mesmo tempo. É claro que estamos falando da leitura, uma atividade desafiadora e que requer disciplina, mas que proporciona diversos benefícios para a saúde mental.

Quando ouvimos alguém dizer que ler é fundamental para nos tornarmos mais inteligentes, não é sem razão. De acordo com Augusto Buchweitz, pesquisador do Instituto do Cérebro (InsCer) e professor da Escola de Ciências da Saúde e da Vida, a leitura funciona como um estimulante para o cérebro.

“O hábito de leitura tem relação comprovada com uma melhor qualidade de saúde mental. A leitura, por envolver imaginação, mentalização, antecipação e aprendizagem, funciona como um exercício para o cérebro humano. Apesar de não ser um músculo, o nosso cérebro precisa ser estimulado”, afirma o pesquisador.

Além de ajudar no desenvolvimento intelectual, a leitura reduz o estresse e evita manifestações negativas no corpo. Inclusive, pesquisas sobre essa contribuição já demonstram resultados positivos, segundo Aline Fay, coordenadora do curso de graduação em Letras Inglês da PUCRS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul).

“Uma pesquisa realizada pela Universidade de Sussex mostrou que ler ajuda a reduzir em até 68% os níveis de estresse. Durante o estudo, os sujeitos analisados diminuíram a frequência cardíaca e aliviaram a tensão dos músculos”, ressalta a professora.

Benefícios da leitura
Ler regulamente ajuda a prevenir doenças neurodegenerativas, como a demência e o Alzheimer

Ler também é proteger

Os benefícios da leitura também podem se manifestar no longo prazo. Estudos mostram que a atividade é uma maneira de proteger o cérebro contra o surgimento de doenças neurodegenerativas.

De acordo com Aline, ler aprimora o funcionamento do cérebro, o que ajuda a retardar o declínio cognitivo e a aparição de sintomas de doenças como demência e Alzheimer. Além disso, segundo ela, produzimos mais conexões neurais enquanto estamos lendo.

Já Buchweitz destaca que autoridades no estudo da memória ressaltam a importância do hábito de leitura para manter o cérebro saudável. “O nosso ilustre professor Ivan Izquierdo, um dos maiores especialistas em memória do mundo, frequentemente ressalta em suas entrevistas que profissões como a de professor e artista de teatro, entre outras, por envolverem a leitura e aprendizagem constante, são profissões que ajudam a proteger o cérebro de quem as desempenha”, explica o pesquisador do InsCer.

Outros benefícios

Mas a leitura está longe de servir apenas como um escudo do cérebro e um ‘calmante’. Isso porque a atividade também é útil no desenvolvimento de habilidades específicas, segundo a professora Aline Fay. “A leitura favorece a melhora da escrita, expande o vocabulário, trabalha a criatividade e auxilia na formação do senso crítico”, diz.

De acordo com ela, não há uma carga de leitura diária para que uma pessoa desenvolva essas habilidades. “Tudo varia em função do tempo e disponibilidade de cada um. O importante é desenvolvermos o hábito da leitura diária e criar estratégias, tais como reservar um momento do dia somente para a leitura, selecionar livros que achamos interessantes, ter sempre um livro na cabeceira e, acima de tudo, ter paciência e resiliência”, conclui a professora.

Carrinho de compras
Iniciar atendimento
Dúvidas?
Olá 👋
Podemos te ajudar?